Publicado por: webcinco | julho 14, 2009

Cuide de Você – Sophie Calle

 

Um e-maildeu deu a inspiração a mostra de Sophie Calle

Sophie Calle - foto divulgação

Sophie Calle - foto divulgação

 Na Bienal de Veneza de 2007, com a exposição Cuide de Você, A francesa Sophie Calle, causou um grande burburinho ao convidar 107 mulheres para interpretarem as frases do e-mail que recebeu do seu ex-namorado, o escritor francês Grégoire Bouillier, no qual ele rompia com o seu relacionamento. Shophie sem digerir muito bem a mensagem transformou esse fato particular de sua vida em uma exposição híbrida, com fotos feitas por ela, desenhos, vídeos e textos. A mostra traz a São Paulo apenas 83 das versões da visão das mulheres convidadas. Cada uma com uma profissão diferente. O título é a última frase do e-mail. Clique aqui e leia o e-mail.

Perguntada por Jonas Lopes (08.07.2009) da revista Veja se ela teria receio que a mostra Cuide de Você, fosse vista como um ataque ao homem que a rejeitou Sophie respondeu:

“Confesso que tinha receio. Não queria que parecesse uma revanche. Nem Grégoire pensou que fosse um ataque. Quando contei sobre a obra, ele não se sentiu ameaçado nem ficou bravo. Disse que não ficaria feliz por eu expor seu e-mail, mas respeitava o meu trabalho.”

O sucesso da mostra demonstra aquela curiosidade que maioria tem de entrar no mundo particular dos outros, de trazer os aspectos humanos a realidade das artes. Aquilo que é efêmero e distante pode estar ligado à pessoa comum, ao mostrar as particularidades de artistas e pessoas distanciadas pela mídia. Afinal, também, grande parte da produção cultural humana está baseada em fatos reais, o que acontece de diferente do caso de Sophie Calle, é que a fonte de inspiração não fica tão explícita.

Police captain

Police captain

 

 

Public writer

Public writer

Confira abaixo a programação da mostra:

FONTE SESC POMPÉIA

ANO DA FRANÇA NO BRASIL

SOPHIE CALLE _ CUIDE DE VOCÊ

Cuide de Você
11/07 a 07/09.
Terça a sábado, das 10h às 21h. Domingos e feriados, das 10h às 20h.

Uma das obras mais contundentes da última Bienal de Veneza (2007), “Cuide de você” foi mostrada também na França, no Canadá e em Nova York. A exposição reúne textos, fotos e vídeos nos quais mais de 100 mulheres que interpretaram, a convite da artista, uma carta de rompimento amoroso recebida por ela de um ex-amante, o escritor Grégoire Bouillier. No intuito de “esgotar” as mensagens contidas no texto e em seus subtextos, Calle recrutou para a tarefa “leitoras” de especialidades e profissões diferentes, entre mulheres estranhas e amigas, anônimas e famosas. O rol de mulheres que aceitaram o desafio inclui sua mãe; as atrizes Jeanne Moreau, Victoria Abril e Maria de Medeiros; a compositora Laurie Anderson; a DJ Miss Kittin; e profissionais como linguista, taróloga, juíza, antropóloga, designer, sexóloga, assistente social e clarividente, entre outras, como uma adolescente, por exemplo. Ao aplicar sua ótica pessoal ou o “filtro” de sua especialidade à carta, elas produziram um rico panorama de respostas – técnicas, acadêmicas, performáticas e emocionais – ao desafio da artista. Formatada em cinco módulos – interpretações textuais, documentos, retratos de atrizes e cantoras, filmes curtos e filmes longos -, a exposição exemplifica a singularidade da obra de Calle, que transita na fronteiras entre vida pública e privada e expõe intimidades próprias e alheias para revelar vulnerabilidades. Galpão. Grátis.

Uma Carta? Muitas de Nós Teríamos Adorado
Dia(s) 30/07
Quinta, das 19h30 às 21h30.

Com Carla Rodrigues. Mulheres submetidas ao silêncio, próprio ou do outro, são uma imagem emblemática do desamparo. O silêncio ao qual as mulheres foram relegadas ao longo da história – na política, no cinema e na literatura. 60 vagas. Auditório. Inscrições a partir de 1 de julho. Grátis.

Relatos Verdadeiros de Viagens Inventadas
Dia(s) 22/08
Sábado, das 15h às 17h30.

Com Ronaldo Entler. Nos jogos que cria, Sophie Calle resgata de forma peculiar o valor da imagem como testemunho, aspecto renegado pela fotografia contemporânea. Mais do que apreender seu objeto, explora as incertezas geradas por sua ausência ou distância, criando lacunas que abrem seus relatos à fantasia e à ficção. 60 vagas. Oficinas de Criatividade. Inscrições a partir de 1 de agosto. Grátis.

O Vídeo e Sophie Calle
Dia(s) 29/08
Domingo, das 15h às 17h30.

Com Solange Oliveira Farkas. A curadora comenta o uso particular que Calle faz do vídeo, sobretudo em “Cuide de você”, e relaciona a influência de suas proposições à obra de artistas brasileiros que se utilizam da imagem em movimento. 60 vagas. Oficinas de Criatividade. Inscrições a partir de 1 de agosto. Grátis.

Arte para Além do Gênero
Dia(s) 05/09
Sábado, das 15h às 17h30.

Com Suely Rolnik. A política de desejo inventada pela Europa Ocidental encontra-se hoje na berlinda. Com ela, a negação do outro e seus efeitos sensíveis no corpo, disparadores da criação de si e do mundo. O que guia a subjetividade é seu lugar em um mapa classificatório que inclui o gênero. A arte é um dos mais poderosos antídotos para esta intoxicação histórica. 60 vagas. Oficinas de Criatividade. Inscrições a partir de 1 de setembro. Grátis.

Tchau, Sophie
Dia(s) 19/07, 16/08
Domingos, das 15h às 17h30.

Com Samir Mesquita. E se Sophie Calle, em vez de um email, tivesse recebido um SMS? A aula explora formas sintéticas de expressão, como o microconto, por meio de microtextos de Ernest Hemingway, Franz Kafka, Machado de Assis, Dalton Trevisan e outros. 20 vagas. Oficinas de Criatividade. Inscrições com 30 minutos de antecedência no local. Grátis.

Objeto Retratado: Rastros e Narrativas
Dia(s) 22/07, 24/07
Quarta e sexta, das 19h às 21h30.

Com Beatriz Toledo. Aborda aspectos da produção de Sophie Calle com foco nas temáticas do retrato e da narrativa. Os participantes serão convidados a elaborar retratos a partir de rastros e objetos. 20 vagas. Oficinas de Criatividade.Inscrições com 30 minutos de antecedência no local. Grátis.

Videografar Para Seguir em Frente
Dia(s) 30/08
Domingo, das 11h às 13h30 e das 15h às 17h30.

Com Andre Costa. A partir de leituras mediadas do trabalho de Sophie Calle, os participantes serão desafiados a construir discursos de rompimento amoroso utilizando-se de câmeras de aparelhos celulares. 15 pessoas. Oficinas de Criatividade. Inscrições com 30 minutos de antecedência no local. Grátis.

Mixing It _ Conhecendo Linguagens
Dia(s) 14/07, 15/07, 16/07
Terça, quarta e quinta, das 19h às 21h30.

Com Tetine (Bruno Verner e Eliete Mejorado). Os conceitos de “cut ups” ou “mash ups” como matéria-prima para a criação de peças sonoras e performances. Uma peça será desenvolvida a partir de textos, sons ambientais, beats e músicas trazidos pelos participantes. 15 vagas. Inscrições a partir de 1 de julho. Grátis.

Inventários do Eu – Uma Investigação Autobiográfica
Dia(s) 04/08, 05/08, 06/08
Terça, quarta e quinta, das 19h às 21h30.

Com Leya Mira Brander. Por meio da experimentação de processos de gravura em metal, os participantes serão conduzidos em um percurso de exploração autobiográfica, tendo por referência a produção de Sophie Calle. 15 vagas. Oficinas de Criatividade. Inscrições a partir de 1 de agosto. Grátis.

Sophie Sou Eu – Termine seu Relacionamento Aqui
Dia(s) 11/08, 12/08, 13/08
Terça, quarta e quinta, das 19h às 21h30.

Com Andréa del Fuego. Trabalha produções literárias a partir da linguagem do rompimento amoroso. Reflexão sobre o discurso amoroso; criação de respostas a confissões deixadas pelo público; leitura e discussão das produções. 20 vagas. Espaço de Leitura. Inscrições a partir de 1 de agosto. Grátis.

Videografias de Contato
Dia(s) 14/08, 21/08, 28/08
Sextas, das 19h às 21h30.

Com Andre Costa. Partindo da reflexão sobre o uso de celulares como ferramenta de produção e fruição de videografias poéticas/funcionais, o curso pretende criar desafios estéticos para a realização de videomensagens de rompimento amoroso. Prevê a exibição e debate dos trabalhos. 20 vagas. Oficinas de Criatividade. Inscrições a partir de 1 de agosto. Grátis.

O Retrato: Fotografia, Registro e Arte
Dia(s) 16/08, 23/08, 30/08
Domingos, das 11h às 13h30.

Com Beatriz Toledo. Reflexões e práticas do retrato na fotografia, de August Sander a Juergen Teller. As formas como o gênero foi explorado e compreendido em diversas épocas, seus desdobramentos na arte contemporânea e a obra de Sophie Calle nesse contexto. 15 vagas. Oficinas de Criatividade. Inscrições a partir de 1 de julho. Grátis.

SOPHIE CALLE _ CUIDE DE VOCÊ ATÉ AQUI

O ARMÁRIO MÁGICO 
06/06 a 09/07.
Sábados, às 13h30, domingos e feriados, às 12h. Exceto dia 28.

O Armário Mágico é um espetáculo para crianças que coloca o espaço da cena como o espaço das possibilidades. Contando a história de dois personagens – Malu e Tim – apresenta várias adversidades vividas no cotidiano pelas crianças, como estas buscam soluções e se relacionam com os adultos. Com a Cia O Grito. Teatro.
R$ 8,00 [inteira]
R$ 4,00 [usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino]
R$ 2,00 [trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes]

SESC – Pompéia

Endereço: Rua Clélia, 93 – Pompéia – São Paulo – SP.
Como chegar >>
Telefones: 11 3871 7700.
Atendimento: terça a sábado, das 9h00 às 22h00, domingos e feriados, das 9h00 às 20h00.
Site: www.sescsp.org.br
E-mail: email@pompeia.sescsp.org.br
Obs.: Acessibilidade universal.

Programação sujeita à alteração, antes de sair de casa confirme datas e horários.

VEJA MAIS DICAS NOS SITE É GRÁTIS.

 logo_pequeno 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: